terça-feira, dezembro 20, 2005

Incompleto.

Eu peguei um livro para ler, pra entender sobre coisas que nem sei.

Eu pedi pra ter fé mas não crer, só pra ver que o espírito é ter.

Um insensato me disse: Você tudo quer, mas nem sabe o porque.

Incompleto todo mundo é, mas, eu sei que o que falta é viver.

Lentas, me vem respostas para aprender a amar.

Se tudo bem, encosta e deixa chorar.

Pois você já sabe muito bem que eu vim pra ficar.

Eu sei lá porque vou pedir, pra me distrair, pra me torturar, pra me perturbar. Quero não.

Eu escolhi uma vida pra viver, pra rever atitudes que tomei.

Desejei a sorte de vencer, só pra me sentir inteiro uma vez

Quando o sensato me disse: Pra que tudo querer? O que vale é ser.

Se tudo quero, ao meu modo, mas sem saber como é ao certo,

Fico assim, inconstante, imaturo, sem ter como saber

Preciso de ajuda, a quem recorrer

Contigo meu mundo é repleto,

De cores, vontades, sentimentos, de momentos.

E quando só,percebo quanto sou incompleto.

Eu sei lá porque vou pedir, pra me distrair, pra me torturar, pra me perturbar. Quero não.



***Trechos em itálico são de autoria do Drumond

1 Comments:

Anonymous Melzinha said...

me lembra nossa conversa de ontem...

28/8/06 13:50  

Postar um comentário

<< Home