terça-feira, janeiro 31, 2006

Em qualquer canto.

Esse tropeiro eu como pelas pontas
E vou de trem sem fazer conta.
Eu vou mansinho sem as ondas
Desconhecido nas montanhas
Nos sempre belo horizontes
Adentro o céu por trás dos montes
Eu vou pelo clube da esquina.
Encantado com a tímida menina.
Na sua brisa como um beijo,
De manhã goiabada e queijo,
E agradeço meu santo,
Aqui sou feliz em qualquer canto,
na mais bela cachoeira,
ou na vila estradeira,
Do meu jeito desconfiado,
Sentado num canto do terreiro,
Vibrando num Atlético e Cruzeiro.
é menina não te deixo pra trás.
Uai, eu amo cê demais.



**em parceria com o Guizão mais uma vez.

3 Comments:

Blogger Annah said...

Mas eu queria mto entender como vc consegue fazer textos em parceria, acredita?

estou trabalhando no meu lado interior para conseguir o que vc "exigiu". ;)

2/2/06 13:26  
Blogger Annah said...

mas vc nem por aqui aparece. uai.

13/2/06 13:17  
Anonymous Melzinha said...

adorei!

28/8/06 13:33  

Postar um comentário

<< Home