sexta-feira, maio 26, 2006

O perigo da indecisão faz pensar no agora.

Não tenho tempo para indecisão,
manda a cabeça, sofre o coração.
O que passou, eu já deixei pra trás.
É só assim que se consegue paz.

Cala a boca, to falando comigo.
Arranca a roupa, vem correr perigo.
Mas venha louca, que te dou abrigo.
Coisinha pouca, já não mais consigo.

Perder o tempo tentando pensar.
o melhor mesmo, é se deixar levar.
se arriscar, e arrepender um bocado,
sentir na pele o sabor do pecado.

A hora é essa, o momento é agora.
Se hesitar, abre a porta e vai embora.
Porque pra mim, tudo tem data e hora,
Se perde a vez, depois deita e chora.

3 Comments:

Blogger Mariana Freire Cabral said...

Olha só...
mesmo que não haja nenhum comentário meu aqui, pode ter certeza que sempre venho aqui, ams é que geralmente não tenho nada construtivo prá dizer. Nunca tenho mesmo.
Mas sempre venho aqui mesmo.
E outra... não adianta clicar no meu link aí pq só temnho esse blog para ter um nome e uma senha para comentar no blog de amigos, pq num tem nada que preste na minha cabeça mesmo.
abraço
Tu manda bem pácas aqui

30/5/06 21:28  
Anonymous De Leve (vitão) said...

olha meu truta, é ótimo saber que existem mais pessoas que "perdem tempo" escrevendo palavras poéticas pela vida... falou meu cumpádi, tem alguns sonetos e poesias muito bons que eu li nessa página. Parabéns, continue escrevendo hein.
falou meu cumpádi

3/6/06 14:55  
Anonymous Melzinha said...

eita!

28/8/06 13:36  

Postar um comentário

<< Home